Vitória! Na Califórnia, lojas só poderão vender animais que tiverem sido resgatados

Publicidade Anuncie

Na última sexta-feira, a Califórnia se tornou o primeiro estado norte-americano a exigir que todos os cães, gatos e coelhos vendidos em lojas sejam provenientes de abrigos de animais.

Apesar da lei, que foi assinada pelo governador Jerry Brown, passar a valer somente em 2019, a medida foi recebida com alegria pelas ONGs defensoras dos animais.

“Quando os consumidores compram cachorros e gatinhos nas lojas de animais, desconhecem, muitas vezes, a origem dos animais e contribuem para uma indústria triste e de sofrimento”, disse Deborah Howard, presidente da Companion Animal Protection Society (CAPS).

Donos de lojas que descumprirem a lei serão multados em 500 dólares por cada animal no estabelecimento. “Esta lei histórica quebra a cadeia de suprimentos da fábrica de filhotes que empurra animais para lojas de animais da Califórnia e permite que criadores sem escrúpulos se beneficiem de práticas abusivas”, contou Matt Bershadker, presidente da ASPCA, ao Buzzfeed.

Aqui no Brasil, a ativista Luisa Mell resgatou recentemente mais de 130 animais de um canil na Grande São Paulo, que viviam em situação totalmente deplorável. Talvez uma medida como está ajudaria a acabar com esses casos por aqui também.

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it