Jennifer Lawrence revela humilhações sofridas no início da carreira

Publicidade Anuncie

Depois das diversas acusações contra o até então poderoso produtor Harvey Weinstein de assédio e abuso sexual contra mulheres da indústria do cinema americano, esse tornou-se definitivamente um momento para Hollywood passar a limpo a forma como as atrizes têm sido tratadas.

Quem agora decidiu revelar a maneira degradante com que foi tratada no início de sua carreira foi a atriz Jennifer Lawrence.

No seu caso, o destrato absurdamente foi sobre seu corpo e seu peso. Hoje Lawrence é ganhadora do Oscar e uma das atrizes mais bem pagas do mundo – além de ser uma das mais belas mulheres do cinema mundial. Alguns anos atrás, porém, quando começava, Lawrence era considerada acima do peso.

“Quando era bem mais jovem e começava [minha carreira], os produtores de um filme me pediram para perder 15 libras [cerca de 7 quilos] em duas semanas”, disse, em um evento para mulheres de Hollywood organizado pela revista Elle.

 

 

“Nesta época, uma mulher produtora me fez dizer umas falas [de um roteiro] nua, em uma fila com outras cinco mulheres que eram muito, muito, mais magras que eu”, contou Lawrence.

“Após este momento humilhante e degradante, a produtora me disse que deveria utilizar essas fotos, nas quais eu aparecia nua, como inspiração para minha dieta”. A atriz afirma que permitiu ser assim tratada por achar que estava fazendo isso por sua carreira.

 

“Ainda estou aprendendo que não tenho que sorrir quando um homem me faz sentir desconfortável. Em um mundo perfeito, cada ser humano deveria poder ser tratado com respeito, porque são humanos. Mas até que cheguemos a isso, eu vou emprestar meus ouvidos a qualquer garoto, garota, homem ou mulher que não sinta que pode se proteger sozinho”.

A atriz no início de sua carreira

O relato contado por Jennifer Lawrence obviamente não revela um caso isolado, mas sim um modus operandi de Hollywood – que a atriz afirma, conforme encerrou sua entrevista, que não pode mais ser normalizado.

“Juntos vamos parar este tipo de comportamento. Pararemos de normalizar estas situações terríveis”, afirmou.

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it