‘É só o que peço’: Jovem de São Paulo ajuda senhor analfabeto a fazer seu currículo

Publicidade Anuncie

Em um momento de intensa instabilidade política e econômica, e com um número de desempregados tão alto quanto vive atualmente o Brasil – com mais de 12 milhões de pessoas sem trabalho – todo e qualquer gesto de solidariedade com quem mais precisa pode fazer toda diferença.

E foi o que fez o produtor Welton Noronha, em São Paulo, quando se deparou com uma cena que não pôde passar indiferente a ele.

Foi o que Welton contou em sua página no Facebook. Ele entrou em uma copiadora (a tradicional xerox), e se deparou com um senhor pedindo algo insistentemente ao atendente. O pedido era o mais nobre: ele queria ajuda para fazer seu currículo, pois era analfabeto.

Em uma das mãos o senhor trazia uma muleta; na outra, sua carteira de trabalho. Quando Welton se ofereceu para ajudar, foi que descobriu a história daquele senhor.

Conheci o Senhor Roberto, anteontem em uma loja de Xérox.Ele é um dos 13 milhões de desempregados, que tenta se manter…

Posted by Welton Noronha on Thursday, August 31, 2017

“Tô sendo honesto aqui. Não quero dinheiro algum, sabe? Eu só preciso de um currículo. O rapaz da empresa de coleta de lixo me prometeu uma vaga se eu levasse um currículo pra ele. É só o que peço. Moro na rua, minha mulher teve um AVC e está na casa da mãe. Me ajuda a fazer um currículo?“, ele disse.

Welton levou o senhor até sua empresa, lhe ofereceu um café e redigiu com ele 10 cópias de seu currículo.

Foi um gesto simples, pequeno e rápido, mas que fará toda diferença para o senhor Roberto.

“Chorando de felicidade, me agradeceu com um beijo na testa e disse que voltaria pra tomarmos um café”, escreveu Welton, que aproveitou e postou o currículo de seu Roberto, ajudando também a escrever um pedaço um pouquinho melhor da vida de uma outra pessoa.

O jovem Welton Noronha

Se alguém tiver algo a oferecer, os contatos de Seu Roberto estão em seu currículo.

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it