Fã de Bob Dylan cria playlist com toda a carreira do compositor em 55 horas e 763 faixas de 1962 a 2016

Publicidade Anuncie

Podemos contar nos dedos de uma mão os compositores do século XX que possuem uma obra tão extensa, impactante, influente e imortal como Bob Dylan. Poeta e melodista maior dentro dos EUA dos últimos 100 anos, Dylan aproxima-se da sexta década de carreira como um farol da cultura e da música norte-americana, a partir do início dos anos 1960 e até hoje. Não é por acaso, portanto, que no ano passado ele se tornou o primeiro compositor de canções a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura.

 

Personagem enigmático e misterioso ao longo de toda sua vida pública, o melhor caminho para saber quem foi e quem ainda é Bob Dylan – ou ao menos para saber aquilo que Robert Zimmerman, seu nome de batismo, quer que saibamos sobre Bob Dylan, persona que criou para si – está mesmo em suas canções.

Percorrer sua obra na íntegra, no entanto, não é tarefa simples: são mais de 700 canções em 38 discos lançados. Um usuário do Spotify, porém, decidiu ao menos iluminar o caminho das pedras, criando uma playlist que reúne praticamente toda sua obra.

São 55 horas apresentando 763 canções, ordenadas cronologicamente, desde 1962 até 2016. Desde sua juventude musical, ainda como um bardo defensor da tradição acústica do folk, passando pela sua aproximação com o rock e a guitarra elétrica, chegando ao folk rock.

Sua fase cristã, a volta ao folk, seus momentos mais pops, atravessar a obra de Dylan é como ver, nas transformações de um artista de tal calibre, as transformações do mundo e de nós mesmos – como um longo, belo, doloroso e instigante espelho.

Quem quiser entender a razão pela qual Dylan ganhou o Nobel de Literatura, basta mergulhar nessa playlist.

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it