Projeto capacita mulheres de baixa renda em serviços de construção para promover autonomia

Publicidade Anuncie

Após uma pesquisa feita para o mestrado, a arquiteta Carina Guedes, de Belo Horizonte, teve a ideia de criar o projeto Arquitetura na Periferia, com o objetivo de capacitar mulheres de baixa renda a construírem ou reformarem a própria casa.

Primeiro, as alunas passam por um processo onde são apresentadas as práticas e técnicas de projeto e planejamento de obras. Todas recebem um kit contendo trena, prancheta, lápis, papel branco, um roteiro de trabalho e uma máquina fotográfica, entre outros itens.

Após essa etapa, as moradoras recebem incentivo através de um microfinanciamento, para que assim possam construir ou reformar com autonomia e sem desperdícios as próprias casas. “Ao invés de oferecer um produto, buscamos favorecer a autonomia das participantes, ampliando sua capacidade de análise, discussão, prospecção, planejamento e cooperação, o que por fim leva a um aumento de sua autoestima e confiança”, diz o site do projeto.

O Arquitetura na Periferia funciona com o apoio da comunidade, através de doações feitas no Abrace o Brasil, campanha da BrazilFoundation para arrecadar fundos para projetos e causas sociais. Para ajudar, é só entrar aqui.

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it