Depois período de maus tratos, cachorra Penni ganha vida aventureira

Publicidade Anuncie

Penni era uma cachorra tímida, medrosa e traumatizada. Tendo crescido o primeiro ano e meio de sua vida presa e mal tratada em um porão, numa casa em que os moradores sofriam de problemas em decorrência do abuso de drogas, quando foi resgatada Penni morria de medo de tudo, e a esperança de que fosse adotada não era especialmente promissora.

Mas nada melhor do que enfrentar de cara seus medos em nome de um amor à primeira vista, e foi o que aconteceu com ela quando conheceu Blaine DeLuca.

Blaine procurava um animal companheiro para suas aventuras, e assim que avistou Penni, foi avisado de que ela era uma cadela difícil e pouco social. Quando se aproximou, porém, ela lambeu seu rosto, abanou o rabo e sentou no seu colo. Blaine imediatamente compreendeu que aquela era sua cachorra.

No início ela nem saia pra passear ou mesmo fazia maiores contatos visuais ou afetivos. Aos poucos, com muito esforço de ambos, ela foi confiando mais no mundo, e se permitindo arriscar.

Hoje, passados alguns anos, o progresso é tamanho que Penni se tornou realmente a parceira de aventuras radicais de Blaine – capaz de fazer coisas que muitos humanos têm medo, como trilhas e até escaladas.

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it