Quem é Yaa Gyasi, a escritora que fez da vida de uma família africana um best seller mundial

Publicidade Anuncie

Nascida em Gana e filha de um professor e uma enfermeira, Yaa Gyasi é a nova sensação da literatura mundial. Com apenas 28 anos, a jovem, que vive nos Estados Unidos desde os 2, acaba de entrar para a cobiçada lista de melhores do ano do The New York Times com seu livro “O Caminho de Casa”.

O romance, que conta a história de duas irmãs com destinos completamente diferentes, e o impacto da escravidão em suas vidas através de diversas gerações, acaba de ser lançado aqui no Brasil, e teve seus direitos disputadíssimos no mercado editorial, acabando nas mãos da Knopf por cerca de 1 milhão de dólares.

De acordo com Yaa, a ideia do livro, que levou 7 anos para ser escrito, veio após uma viagem ao seu país natal, onde conheceu o Castelo da Costa do Cabo de Gana, local em que escravos eram mantidos em cárcere privado.

“O guia nos contou que soldados britânicos que moravam e trabalhavam no castelo costumavam se casar e viver por lá com as mulheres da cidade, enquanto os escravos eram mantidos presos no local.”, explicou a autora ao The Guardian.

Seu livro foi considerado pela Time como um dos 10 melhores de 2016, e Yaa foi nomeada uma das 5 melhores escritoras abaixo dos 35 anos pela National Book Foundation, além de estar sendo comparada com escritores de renome, como a nigeriana Chimamanda Ngozie Adichie.

Então, se você estava procurando um novo livro de cabeceira, fica a nossa sugestão. Boa leitura!

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it