Último Fim de Semana – FILE Solo traz as instalações interativas de Lawrence Malsfat ao CCBB São Paulo

Publicidade Anuncie

O tradicional Festival Internacional de Linguagem Eletrônica, o FILE, em sua 18a edição trará pela primeira vez uma exposição individual para o festival, com Lawrence Malstaf – A poética da imersão.

O artista belga Malstaf, premiado internacionalmente no campo das artes e da tecnologia, como com o Golden Nica no Prix Ars Electronica, da Áustria e o Excellence Prize no 13o Japan Media Arts Festival, no Japão, inaugurou a primeira edição do File SOLO.

Partindo do encontro entre as artes visuais, o teatro e a performance, Malstaf reconhece sua poética a partir dos estímulos e possibilidades oferecidas pela tecnologia e pelo cotidiano.

As instalações do artista transformam as salas de exibição em obras sensoriais e interativas, convidando a participação do público para experiências que só podem acontecer naquele “palco” expandido.

Entre as seis instalações que o belga trará para o CCBB de São Paulo, estarão as obras Shrink (em que o visitante é “embalado” à vácuo) e o Nemo Observatorium (na qual, o participante senta-se no meio de uma simulação do epicentro de um tornado).

A tecnologia para Malstaf é ao mesmo tempo inspiração e objetivo em seus trabalhos, que se constroem a partir das possibilidades de interação, sentido e das possibilidades poéticas e estéticas que a tecnologia nos oferece.

“Existem tantas coisas especiais em nosso ambiente cotidiano que não temos tempo de observar ou explorar, e, de certa forma, o papel do artista é tornar essas experiências acessíveis para o público”

Se a fronteira da tela, da moldura, das páginas ou do palco se perdem nas propostas – para Malstaf, seu trabalho só termina com a participação do público, como se o espectador que participa da obra também se tornasse um pouco o autor – o artista.

A exposição Lawrence Malsfat – A poética da imersão acontecerá até 18 de setembro, das 9h às 21h, no Centro Cultural Banco do Brasil (Rua Álvares Penteado, 112 – Centro). A entrada é gratuita e a classificação indicativa é livre.

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it