Projeto japonês quer introduzir judô nas escolas públicas brasileiras

Publicidade Anuncie

As artes marciais são conhecidas não apenas por seu papel como esporte, mas também por seus valores éticos e foco no desenvolvimento humano. O judô, arte nascida no Japão e que tem forte tradição no Brasil, é um dos grandes destaques nesse sentido, e um programa do governo nipônico vai capacitar professores para expandir a prática nas escolas públicas brasileiras.

Como Tóquio vai sediar os Jogos Olímpicos de 2020, o governo do Japão criou o programa Sport For Tomorrow, que tem como objetivo promover os valores dos esportes a 10 milhões de crianças em 100 países diferentes até o início da próxima Olimpíada.

Foto: Isabel Conde

A parceria com o Brasil foi anunciada em 2016, e a Confederação Brasileira de Judô tratou de selecionar candidatos dispostos a passar cerca de um mês do outro lado do mundo para participar do treinamento “Discovery Camp: Programa de Amigos de Amanhã – Judô para escolas públicas”. Eles chegaram ao Japão no dia 02 de setembro e ficarão até 08 de outubro. Todos os custos são cobertos pelo governo japonês.

São sete instrutores brasileiros, que conhecerão de perto o papel do judô na educação pública japonesa, além de aprender mais sobre o ensino da modalidade na infância, além de assistirem a uma competição nacional. Ao voltar, eles terão a missão de propor uma adequação do modelo japonês à realidade brasileira, além de repassar os conhecimentos a outros professores brasileiros. O acordo entre os países prevê que novas turmas viajem ao Japão anualmente até 2020.

Equipe brasileira que foi ao Japão. (Foto: Ministério do Esporte)

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it