Série fotográfica retrata o dia a dia da primeira lutadora transexual de Muay Thai na Tailândia

Publicidade Anuncie

Quando nasceu, há 21 anos, Rose foi registrada como Somros Polchareon. Hoje, rebatizada como Nong Rose Baan Charoensuk, é uma reconhecida lutadora transsexual de Muay Thai no seu país, a Tailândia.

Rose luta desde os 8 anos de idade, por influência de um tio, e conta que precisou enfrentar muita resistência por parte dos seus adversários, que não admitiam lutar contra ela. “Eles falavam que seria constrangedor independentemente se ganhassem ou perdessem”, disse à Reuters.

A lutadora já conta com mais de 300 lutas no currículo, tendo vencido metade delas, 30 por nocaute. Ainda que esteja quebrando barreiras, Rose não é a primeira lutadora trans do seu país. Parinya “Nong Toom” Charoenphol foi a primeira que se tem conhecimento, fazendo bastante sucesso nos anos 90 e, após uma longa pausa, voltou aos ringues em 2006.

E apesar da Tailândia ser vista como um paraíso para os transexuais, muitos deles alegam serem tratados com desprezo. Inclusive, não é possível alterar o gênero em documentos de identidade, mesmo com uma lei contra a discriminação de gênero tendo entrado em vigor em 2015.

 

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it