Modelo com síndrome rara vence a insegurança com fotos poderosas

Aos 10 anos, a modelo Sara Geurts foi diagnosticada com síndrome de Ehlers-Danlos. A condição afeta os vasos da pele, das articulações e do sangue, inibindo a produção de colágeno. Graças a isso, Sara parece muito mais velha do que realmente é.

Mesmo tendo apenas 26 anos, a doença fez com que sua pele desenvolvesse rugas prematuras, o que a deixava bastante insegura em relação à sua aparência. Porém, há dois anos Sara decidiu que iria entrar na luta contra os padrões de beleza – e está sendo muito bem sucedida nessa tarefa.

Ela, que é natural de Minnesota e vive em Los Angeles, nos Estados Unidos, compartilhou sua história pela primeira vez em 2015 através da campanha “Love Your Lines” – um projeto que exaltava as diferentes aparências que as mulheres podem ter. Na época, sua história recebeu 25 mil curtidas, segundo contou em um vídeo gravado para o canal do Youtube Barcroft TV (veja abaixo).

Através do Instagram, Sara segue compartilhando sua história e inspirando outras pessoas a não se ater aos padrões de beleza irreais ao mostrar que sua pele também pode ser linda. Ela é seguida de perto por mais de 5 mil pessoas na rede social, onde posta novidades sobre sua vida e sua carreira como modelo.

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it