As flores de bambú que aparecem a cada 100 anos lotaram esse parque japonês

Nada é mais intrigante e fascinante do que os misteriosos fenômenos da natureza, que podem ser vistos em toda parte – como nos bambus. Os bambus são a planta que mais rápido se desenvolvem no planeta, podendo crescer até 10 centímetros em um só dia (algumas espécies crescem um milímetro a cada 2 minutos). Por outro lado, no que diz respeito ao aparecimento de suas flores, o bambu é uma das plantas mais lentas que existem, levando entre 60 e 130 anos para um primeiro florescer – e é por isso que o parque Sankeien, em Yokohama, no Japão, vem recebendo uma grande quantidade de visitantes: depois de cerca de 90 anos, seus bambus floresceram novamente.

A última que tais flores apareceram no parque foi em 1928, e a romaria de visitantes enxerga enorme significado no ocorrido, por sua raridade e, portanto, beleza – como uma experiência que a maioria provavelmente somente viverá uma vez.

A demora no florescer do bambu é ainda de modo geral um mistério, como tanta coisa na natureza é. As flores dos bambus são discretas e pequenas, mas sua curiosa e paradoxal relação com o tempo é seu atrativo principal – um tanto como a própria vida, e assim começamos a compreender a relação profunda dos japoneses com tal bonito fenômeno.

O parque, em Yokohama

© fotos: divulgação

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it