Mineira leva comida vegana a quem precisa com food truck emprestado e ideia faz sucesso

Hoje em dia, muitos projetos concordam que a revolução começa pelo nosso prato. Com mais de 1,8 milhão de pessoas em situação de rua vivendo no Brasil, não poderia ser diferente. Afinal, entre as maiores dificuldades destas pessoas está justamente uma das tarefas mais importantes para nosso corpo: a alimentação.

Comida não falta por aí: 41 mil toneladas de alimentos são desperdiçados por ano em nosso país, segundo a Agência Brasil. Agora, uma mineira de Pouso Alegre encontrou uma maneira de unir esses dois dados, levando a comida que iria para o lixo ao prato de quem tem fome. É o GoodTruck, uma ideia que passou dois anos sendo amadurecida até entrar em funcionamento.

Por trás da ideia está a arquiteta Gabrielle Emily Mahamud, que há quatro anos vive em Curitiba, no Paraná. É lá que surgiu o projeto de um food truck do bem. Usando um veículo emprestado por um voluntário, o GoodTruck circula pela cidade recolhendo alimentos em bom estado, mas que seriam descartados. Depois de coleta, voluntários preparam a comida em uma cozinha base.

Uma vez por mês, o GoodTruck circula servindo estas refeições a pessoas em situação de rua. Com uma ação simples, o projeto consegue combater ao mesmo tempo o desperdício de alimentos e oferecer mais bem-estar e alimentação adequada a pessoas em situação vulnerável.

Agora, a equipe busca expandir a iniciativa criando um “selo GoodTruck“, que será oferecido a outros food trucks que queiram se tornar parceiros do projeto. Para isso, eles podem seguir os mesmos passos do GoodTruck em qualquer cidade do país, fazendo o bem nas horas em que o caminhão não estaria em funcionamento.

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it