Menina vê noiva na rua e pensa que ela é a princesa de seu livro, sem enxergar diferenças raciais

Quando enxergam o mundo com olhos de fantasia e imaginação, as crianças muitas vezes deixam de olhar com olhos de preconceitos e das coisas que nos separam ao invés de nos unir.

E foi isso que o casal americano Shandace e Scott aprenderam com uma criança que passava por eles, com sua mãe, no momento do casamento dos dois, em Seattle, nos EUA. A menina carregava um livro que trazia uma mulher com um vestido branco na capa – e pensou que Shandace, em seu vestido de noiva, era a heroína de seu livro.

A única coisa que a criança não viu era que, diferentemente da pessoa desenhada na capa do livro, Shandace é negra. O livro é A Mulher de Branco, de Wilkie Collins, um romance de mistério do século XIX que não foi escrito para crianças. A menina ainda não sabe ler, e simplesmente gosta de carrega-lo e fingir o estar lendo, por conta da imagem da capa, como se fosse um livro de princesa – e ao ver Shandace vestida de noiva, teve certeza que ela era a princesa de seu livro.

A noiva e seu marido Scott tiravam fotos do casamento já na rua, quando perceberam a atenção devotada pela criança em olhar para a noiva. Os dois pararam então a sessão para poderem conversar com a pequena e tirar com ela algumas fotos – que, pela expressão de encanto da criança, acabaram entrando de fato no álbum de casamento do casal.

Scott, o noivo, decidiu então publicar as fotos para tentar localizar a mãe e a própria menina, e sua publicação em dois dias teve mais de 600 mil visualizações. “Acho que as pessoas estão se conectando com sua criança interior ao ver estas fotos, e se contagiam com a felicidade expressada pela menina”, comentou Shandace. Ver o mundo com olhos de criança pode ser de fato transformador – sem enxergar os mais difíceis limites do olhar adulto.

Todas as fotos © Stephanie Cristalli

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it