#ProudAtWork: o que aconteceu quando decidi ser 100% eu

Comecei minha vida profissional, há 11 anos, em 2006. Naquela época, eu já sabia com clareza qual era a minha orientação sexual e já estava junto com meu primeiro namorado há quase 2 anos. Ao longo dos primeiros 5 anos de carreira, optei por me esconder atrás de uma cortina de palavras ambíguas, pronomes trocados e uma omissão geral sobre a minha vida. Resultado? Uma grande dificuldade em criar relacionamentos e vínculos e frequentemente a demonstração de uma personalidade bem mais rasa do que eu poderia ser.

Foi aí que, em 2010, fui fazer meu mestrado na New York University. Lá, encontrei um mundo de tolerância e de oportunidades que se abriram pelo simples fato de eu me identificar com um membro da comunidade LGBT. A participação no comitê do OutClass, grupo de apoio aos estudantes e professores LGBT, me permitiu participar de conferências, conhecer empresas e criar uma rede de relacionamentos que não existia aos meus pares não-LGBT.

Esse foi o começo da minha compreensão de que isso poderia ser um ativo para minha carreira e para toda a minha vida.

Quando decidi voltar ao Brasil, decidi também que o retorno ao “armário” não tinha mais espaço na minha vida e que eu seria 100% quem eu era, não importasse se estivesse com a família, com amigos, ou no trabalho. No meu processo seletivo para uma das mais respeitadas consultorias de estratégia do mundo, eu optei por ser transparente e, cordialmente, corrigir os entrevistadores que, ao ver a aliança em minha mão esquerda, perguntavam sobre minha esposa.

Para ler o texto completo, siga este link.

LinkedIn começou uma campanha em homenagem ao mês da diversidade para que os profissionais da comunidade LGBT compartilhem suas experiências e histórias de vida. A rede convida, também, aqueles que não são da comunidade LGBT a compartilharem as iniciativas de suas empresas para promover a diversidade internamente. 

Ao escrever um artigo é importante usar a hashtag #ProudAtWork. Os melhores textos serão destacados nos canais do LinkedIn

ass_jbevilacqua

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it