Este post é uma referência para o tipo de pai que todo homem deveria ser

Estamos em 2017, mas ainda é muito comum que as mulheres sejam induzidas a acreditar que as tarefas da casa e os cuidados com os filhos sejam exclusivamente suas responsabilidades. Sendo assim, quando os homens participam de alguma forma fazendo coisas cotidianas – como lavar louça ou trocar fraldas – é natural usar frases como: ‘meu marido me ajuda em casa’.

Foi justamente falando sobre este assunto, que a médica mineira Julia Rocha acabou viralizando um post intitulado ‘Pai não ajuda‘, com qual muitas mulheres se identificaram. Ela falou sobre como seu marido Átila ‘não a ajuda’, mas assume ‘suas responsabilidades’ e compartilhou com seus seguidores o desabafo de uma mulher de cerca de 25 anos que faz parte de um grupo de mães do qual ela também participa.

medica_julia_rocha

De acordo com a publicação, a jovem cuidava de um bebê de dois meses e de uma garotinha de dois anos e, quando o marido chegava do trabalho ia direto jogar videogame. ‘Ela, com as duas crianças penduradas no peito, na saia, no colo, no braço, na cabeça, bebê chorando no berço enquanto ela dava banho na filha maior, faz janta, troca fralda, limpa a casa, brinca um pouquinho, distrai as crias, dá o peito, lava prato e o encosto lá jogando videogame’, escreveu.

No entanto, Julia relata que a jovem concluiu o desabafo dizendo que considera o marido um ‘bom pai por não deixar faltar nada e pagar as contas’. Julia comenta: ‘Pra ser considerado bom pai é só dar abrigo e comida? Isso a gente faz até para cachorro. Olha como o machismo é perverso. A pessoa está em intenso sofrimento e não consegue sequer enxergar a totalidade da opressão que sofre’.

Leia o post completo:

* Imagens: Reprodução

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it