Startup cria pequenas casas com impressora 3D que resistem a qualquer capricho da natureza

Não seria maravilhoso se a tecnologia fosse capaz de criar moradias baratas, resistentes e fáceis de ser construídas? Na verdade, já existem propostas nesse sentido, que utilizam impressoras 3D para “imprimir” casas. Simples assim – mas a ideia da startup ucraniana PassivDom vai mais longe.

A empresa foi capaz de criar uma casa completamente autônoma usando uma impressora 3D. Isso significa que os ambientes estão preparados para enfrentar diversas temperaturas, inclusive o frio extremo, sem precisar de nenhum combustível. A construção é feita utilizando fibra de carbono, fibra de vidro, poliuretano e resinas. Segundo o PSFK, todos os materiais são seguros e recicláveis.

modul3

As moradias utilizam energia solar para oferecer eletricidade, aquecimento e resfriamento, garantindo seu funcionamento sem nenhuma emissão de carbono. Toda a tecnologia da casa pode ser controlada utilizando apenas um smartphone. Os criadores garantem ainda que a casa é capaz de resistir a furacões e terremotos, o que pode ser essencial em zonas de risco.

modul8

Mesmo com todos esses benefícios, a casa pode ser erguida em apenas um dia. A empresa oferece diversos modelos com opcionais incluídos. A residência autônoma completa e mobiliada apelidada de modulOne, por exemplo, sai por apenas € 59.900. Nada mal, não acham?

Espia mais desse projeto no vídeo abaixo:

The Adobe Flash Player is required for video playback.
Get the latest Flash Player or Watch this video on YouTube.

modul2

modul9

modul7

modul5

modul4

Todas as fotos: Reprodução

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it