Mulher resgata 50 crianças e adolescentes após atentado durante o show de Ariana Grande em Manchester

Um atentado ocorreu no final de um show da artista norte-americana Ariana Grande no pavilhão Manchester Arena na noite desta segunda-feira (22). Pelo menos 22 pessoas morreram, incluindo crianças e adolescentes, e 59 ficaram feridas.

No entanto, muitas outras pessoas poderiam ter se machucado, caso uma mulher – que vem sendo chamada nas redes sociais de “Anjo de Manchester” – não tivesse entrado em ação.

Paula Robinson, de 48 anos, sentiu a explosão enquanto estava na estação Victoria, que fica bem ao lado do local do show, e correu imediatamente para ajudar.

hero-woman-manchester-attack-paula-robinson-17
Imagem: PA

Havia dezenas de crianças e adolescentes atordoados em frente ao local, andando de um lado para outro sem saber o que fazer. “Eu corri para fora da estação segundos depois da explosão e pedi para que saíssem de lá comigo“, disse ela à mídia local.

paula_menor

Ela os acompanhou até um hotel próximo onde pudessem ficar em segurança e fez uma série de postagens no Facebook. E, como seria de esperar, a atitude de Paula está recebendo milhares de elogios nas redes sociais.

paula01
Quem quer que essa Paula seja, ela é uma heroína / Paula, você é uma pessoa incrível por levar crianças aterrorizadas a um lugar seguro, uma luz de esperança neste horror

Paula publicou os nomes de cada um dos jovens e pediu que os amigos compartilhassem para que os pais soubessem que eles estavam bem. Ela até mesmo chegou a publicar seu número de telefone pessoal para quem quisesse obter mais informações.

paula_face

Posts de Paula informam sobre onde ela e as crianças se encontram.

Outros gestos de solidariedade têm sido realizados em Manchester por conta do atentado. Moradores tem oferecido abrigo a quem precisa, hotéis estão disponibilizando hospedagem gratuita e taxistas não estão cobrando corrida de familiares de vítimas.

Todas as imagens: Reprodução

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it