Este pesticida ecologicamente correto pode transformar para sempre as técnicas de cultivo

A Organização das Nações Unidas já recomendou que baníssemos o uso de pesticidas no mundo graças aos seus devastadores efeitos para a saúde humana e para o solo. Estima-se que o uso de agrotóxicos cause cerca de 200 mil mortes por ano – 99% delas em países em desenvolvimento. Para evitar esses óbitos, o órgão sugere que haja mais investimentos em agricultura sustentável.

Muitas empresas já investem no plantio de alimentos orgânicos. A maior dificuldade nesse sentido é que estas plantações ficam sujeitas a diversas pestes que podem acabar com os cultivos. Mas a companhia francesa De Sangosse Group está desenvolvendo um pesticida ecologicamente correto usando a bactéria Streptomyces.

campo

Foto via / Foto destaque via

Conhecida por ter um papel importante na decomposição de alimentos, estas bactérias podem viver em qualquer local em que haja comida e oxigênio suficientes – e elas produzem antibióticos naturalmente.

O plano dos cientistas é integrar Streptomyces geneticamente modificadas no solo, próximo às raízes de outras plantas, criando uma nova forma de controle de pestes. A expectativa é que a bactéria crie uma relação de simbiose com a planta. Dessa forma, os antibióticos criados por ela seriam capazes de acabar com ameaças às plantas, como fungos, transformando-as em nutrientes. Em contrapartida, a planta ofereceria mais oxigênio e nutrientes à bactéria, gerando uma vantagem para esta também. As informações são do The Plaid Zebra.

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it