Pai decide fazer balé com a filha para passar mais tempo com ela

Raphael Najan tem 33 anos e, além de preparador físico, também é bailarino. Com uma vida bastante atribulada entre treinos e apresentações, ele teve uma ótima ideia para passar um tempo a mais com a filha Luana, de 9 anos. Como a menina pratica balé na mesma academia onde ele dança, Raphael decidiu fazer algumas aulas com a pequena.

Luana adorou a ideia de ter o pai por perto e, obviamente, sente-se muito especial já que é a única no local que possui tal privilégio. Raphael é um ótimo exemplo de como os homens podem (e devem) ser tão presentes na vida de seus filhos quanto as mulheres. Para isso, basta querer.

bale02

Vivemos em uma luta constante para quebrar estereótipos e não há prova mais genuína de que a sociedade pode se tornar menos patriarcal quando existem pais criando estes tipos de laços com suas filhas. No entanto, embora a repercussão da história de Raphael e Luana tenha gerado muitos comentários positivos, os trolls também se manifestaram. E bastante.

Nas redes sociais o bailarino começou a receber ofensas de pessoas através de perfis falsos. De acordo com os comentários agressivos, o balé deveria se tratar de uma atividade exclusivamente feminina. Ou seja: mais um desses preconceitos que deveriam desaparecer do universo.

O balé é uma arte e a arte pertence a todxs.

Continue dançando com a Luana, Raphael.

* Imagens: Arquivo pessoal

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it