O desabafo desse garoto apaixonado por fazer crochê é um incrível ‘chega pra lá’ no preconceito

Residente de Belém, no Pará, Pedro Victor tem 17 anos e é autodidata na arte do crochê. Aprendeu aos 10 anos apesar da recusa de suas tias em ensiná-lo por acharem ser coisa de mulher e de seu pai ter tentado impedi-lo jogando suas linhas no lixo pelo mesmo motivo. 

Agora, ele está ganhando fama divulgando peças criativas nas redes sociais e, com isso, tendo que aprender a lidar com os trolls que surgem aos montes junto com o sucesso. Repetem eles o que Pedro há muito tempo está habituado a ouvir dentro de sua própria casa: ‘Crochê é coisa de mulher’.

14033057_1160573570684111_429447096_n

Ele não se importa, mas para deixar isso bem claro, há alguns dias publicou em seu Facebook um vídeo no qual faz um verdadeiro desabafo sobre as críticas que recebe por praticar uma arte que supostamente deveria ser exclusiva das mulheres.

O vídeo se tornou viral e teve quase 2 milhões de visualizações, 42 mil reações e 8 mil comentários. Dá uma olhada:

Não adianta, Pedro vai continuar a fazer crochê e aceita encomendas!

Acompanhe o trabalho de Pedro em seu Instagram, Facebook e YouTube.

Todas as imagens: Reprodução

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it