Noivos fazem a festa percorrendo bares do RJ com amigos após a cerimônia

Tem quem ache que uma cerimônia de casamento precise de um vestido que custe o preço de um carro, uma festa para pelo menos 300 convidados e muita pompa e circunstância em cada detalhe. Felizmente também existem pessoas como a produtora audiovisual Raquel Stern e o médico Bruno Sicuro – ambos de 30 anos – que se casaram na última quinta-feira (20).

Antes de se apaixonarem um pelo outro, os dois já possuíam um amor incondicional pela noite e foi em uma das baladas do centro do Rio de Janeiro, cidade onde vivem, que se conheceram, há cinco anos.

Durante este tempo construíram uma vida juntos: viajaram pelo Brasil em uma Kombi que batizaram de ‘Magnólia’, fizeram amigos e aquela vida boêmia que um dia os uniu, continuou de vento em popa. Assim, a parceria entre os dois foi fluindo suave como um sambinha bom em fim de tarde.

18159818_10210297827336111_672922032_o

Com a mesma simplicidade e leveza que sempre cultivaram, no dia 20 de abril o casal reuniu amigos e família para oficializar sua união. Não teve vestido ou terno caros. Eles alugaram as roupas em um site de compras coletivas. Alianças caríssimas também não fizeram parte dos planos. As deles, feitas de sementes de tucum, custaram R$ 5 reais e foram compradas em uma feira na Lapa.

A cerimônia aconteceu na Igreja Santo Antônio dos Pobres, na Rua dos Inválidos. Cerca de 100 pessoas compareceram para assistir ao ‘sim, eu aceito’. Ao final veio a melhor parte, ou a parte mais original quando se trata de um casamento. O casal não havia planejado nenhuma festa e então, de improviso, decidiu seguir a pé com os amigos para um karaokê próximo à igreja.

casal2

Saímos andando em grupo e as pessoas paravam para olhar a gente passando. Alguns pensavam que estavam filmando alguma coisa e chegavam a perguntar se era noiva de verdade’, conta Raquel’.

No local, os recém-casados subiram ao palco e se divertiram fazendo duetos românticos, como ‘Dia Branco’ de Geraldo Azevedo’ e alguns hits de Guilherme Arantes. Os frequentadores ficaram eufóricos e pediam para tirar selfies com o casal a todo instante, afinal, não é todo dia que se tem este tipo de oportunidade, não é mesmo?

18109896_10210297821015953_723280330_o

Lá pelas tantas, quando a maioria de nós já estaria se rendendo ao cansaço, Raquel, Bruno e os amigos tomaram novo rumo, desta vez em direção a um bar, o Vaca Atolada. Novamente foi o maior reboliço. Palmas, fotografias e euforia dos frequentadores que foram surpreendidos. Mal sabia Raquel que, antes do casório, faltando apenas 25 minutos para a cerimônia, Bruno já tinha passado pelo local para tomar umas geladas com um amigo.

No sábado, 22, o casal realizou a segunda parte da celebração do casório. Desta vez não teve boteco nem karaokê, mas teve muito samba e fanfarra de carnaval. A noiva usou um vestido branco feito por uma costureira de bairro e o noivo usou calça, camisa e uma gravata florida muito especial que ganhou de Jorge Ben Jor.

02

A música escolhida para a valsa do casal foi o clássico ‘Evidências’ da dupla Chitãozinho e Xororó. Já o bolo também não poderia ser comum: no topo, além dos noivos, a kombi Magnólia.

18175533_10210297878577392_855043883_o

Por estes dias, Raquel e Bruno estão de mudança para Florianópolis e nós do Hypeness desejamos toda felicidade do mundo ao casal!

Todas as fotos: Acervo pessoal

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it