Projeto artístico criado por dois cientistas retrata o cérebro como você nunca viu

Levando quase dois anos para concluir, o artista e neurocientista Greg Dunn, juntamente com seu colaborador Brian Edwards, mapearam os neurônios no cérebro para uma série de imagens intitulada ‘Auto Refletida’ (Self Reflected). Produzidos através de uma técnica que eles chamam de ‘micro gravação’ reflexiva, os dois artistas interdisciplinares acompanharam a coreografia neural na mente, criando que brilham com uma luminescência metálica.

Os trabalhos descrevem uma fatia fina do cérebro humano aumentada em 22 vezes a escala normal, cada um criado através de uma combinação de desenho feito a mão, dados neurocientíficos, simulação algorítmica de circuitos neurais, fotolitografia, design de iluminação estratégica e 1.750 folhas de ouro 22k.

Meu trabalho é neonaturalista, arte baseada em formas naturais e influenciada por avanços científicos que nos permite perceber o universo além dos sentidos humanos“, explica Dunn em seu site. “O neonaturalismo harmoniza as imagens e técnicas científicas desconhecidas com um andaime artístico experimental“.

Self Reflected foi financiado pela National Science Foundation e sua primeira iteração está em permanente exposição no Franklin Institute na Filadélfia.

Self Reflected – A Look Inside Your Mind from Will Drinker on Vimeo.

self_reflected (1)

self_reflected (2)

self_reflected (3)

self_reflected (4)

self_reflected (5)

self_reflected (6)

self_reflected (7)

self_reflected (8)

self_reflected (9)

self_reflected (10)

self_reflected (11)

Todas as imagens © Greg Dunn

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it