A mensagem de uma mãe de volta aos estudos para o seu filho é um lembrete de que educação é privilégio

O que para muitos pode ser um simples trabalho escolar, para outros é a mudança de uma vida – e um novo sentido para felicidade. Um post com a imagem de um trabalho de geografia compartilhado pelo Hypeness já era de uma beleza e força capazes de esquentar qualquer coração. Pois Danilo Lourenço, o autor do post original, comentou agradecendo o carinho de todos os comentários, e nós fomos falar com ele para saber um pouco mais dessa comovente história.

Danilo1

Danilo contou que sua mãe chama-se Fátima Maria Lourenço, “uma quase senhora de 47 anos (rs)”, que sempre trabalhou como zeladora, também por falta de oportunidades – como o próprio estudo. “Mesmo assim nunca faltou nada pra mim e pro meu irmão, sempre tivemos o necessário, nada de luxo, porém nunca nos faltou nada. Sempre estudamos em colégio público, e ela como uma boa mãe, sempre pegou no nosso pé, incentivando a estudar. Eu estudava em período integral pois ela trabalhava o dia todo”, ele disse.

Danilo4

Desde sempre ela nos incentivava, pois como não teve as mesmas oportunidades de nós, queria que nossa educação fosse diferente da dela, pois ela sempre dizia ‘tudo que não podem tirar da gente é o estudo’, e eu carrego isso comigo pra sempre”, afirmou Danilo.

Esse foi o espírito que levou Fátima a voltar a estudar. Seu plano é prestar um concurso público, e para isso os estudos são essenciais. “Hoje com os dois filhos praticamente formados, eu terminando o último de publicidade, e meu irmão contador, pós graduado e iniciando a faculdade de direito motivou ela mais ainda a realizar esse sonho, e nós como filho sempre incentivamos, apesar da idade, nunca é tarde pra absolutamente nada”.

Danilo3

Pela fala de Danilo é possível sentir o quanto os estudos já mudaram a vida de Fátima, para além de qualquer resultado objetivo. “Hoje ela chega em casa toda orgulhosa das notas, das provas e dos trabalhos, igualzinho a gente quando pequeno. (…) Eu tenho muito orgulho da mãe que eu tenho, zeladora, pobre, que criou os filhos solteira e que sempre tirou da boca pra sustentar os dois filhos, e nunca nos faltou nada, nada mesmo. Os papéis se inverteram, e agora é a minha vez e do meu irmão de apoiar e parabenizar cada conquista dela, pois são apenas as primeiras”, afirma Danilo, orgulhoso ao assistir o filme de uma vida dura porém plena em amor e dedicação, passar diante das conquistas da mãe.

Danilo2

O fim da conversa, portanto, não podia ser outro senão uma mensagem direta desse filho à sua mãe e uma nova vida por vor: “Eu sou um pedaço dela que me transformou, e eu sou grato eternamente. Mãe, eu amo você sem limite, sem condição!

© fotos: arquivo pessoal 

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it