Hotel oferece chá acompanhado de bolinhos inspirados em obras de artistas como Banksy e Yayoi Kusama

O chá da tarde é um patrimônio cultural britânico. Centenas de estabelecimentos de Londres oferecem o serviço, quase sempre acompanhado por comidinhas como bolos e biscoitos. Como criar uma diferença em torno de algo tão tradicional? Um hotel da cidade apostou na arte.

Rosewood1

O hotel Rosewood criou um cardápio inspirado nas obras de cinco artistas: Yayoi Kusama, Alexander Calder, Mark Rothko, Damien Hirst e Banksy. Servido no Salão de Espelhos do local, os chás são acompanhados de sanduíches, doces e bolinhos. Segundo a administração do hotel, os doces inspirados em Banksy e Kusama são os mais pedidos.

A Garota com Balão, icônico graffitti de Banksy, serviu como modelo para a criação de um cubinho de chocolate recheado de creme de baunilha choux, geleia de cereja, caramelo, creme de chocolate com avelãs.

Rosewood5

Rosewood2

Já a instalação All the Eternal Love I Have for Pumpkins, de Yayoi Kusama, inspirou um mousse de chocolate com maracujá revestido de glacê amarelo.

Rosewood4

Rosewood3

Os móveis criados Alexander Calder são homenageados na forma de uma escultura de chocolate, recheada com cereja e pistaches. A arte abstrata de Mark Rothko é modelo para uma esponja de coco com framboesa, mousse de coco e enfeitada com uma mistura rosa de chocolate e framboesa.

Por fim, as pinturas de Damien Hirst servem como inspiração para uma torta de chocolate branco, sabor geleia de cassis e coalhada de Yuzu, fruta cítrica típica da Ásia. O hotel Rosewood fica perto do Covent Garden, e serve o chá da tarde do meio-dia às 19h, ao custo de 45 libras por pessoa.

Rosewood6

Todas as fotos © Rosewood Hotel

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it