SUS passa a oferecer reiki, yoga e acupuntura entre outras terapias holísticas

Em janeiro deste ano, nós vibramos aqui ao contar que o SUS já estava oferecendo algumas práticas alternativas no tratamento da saúde, como meditação, reiki e arteterapia, por exemplo. Na última semana, 14 novos procedimentos foram adicionados à Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PICs) do Sistema Único de Saúde (SUS) pelo Ministério da Saúde.

Os tratamentos buscam auxiliar na cura e prevenção de diversas doenças, como depressão e hipertensão, por exemplo. Com a nova medida, o SUS passa a ofertar um total de 19 práticas integrativas e complementares em seus serviços:  homeopatia, medicina tradicional chinesa/acupuntura, medicina antroposófica, plantas medicinais e fitoterapia e termalismo social/crenoterapia, arteterapia, ayurveda, biodança, dança circular, meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, quiropraxia, reflexoterapia, reiki, shantala, terapia comunitária integrativa e yoga.

O Ministério da Saúde anunciou a novidade por meio de sua página no Facebook:

Algumas destas práticas já eram utilizadas em diversos municípios pelo país. Com a inclusão, no entanto, o Ministério da Saúde passa a ter informações mais precisas e qualificadas sobre sua utilização. Mais de 1.700 cidades já oferecem estas práticas integrativas e complementares num total de mais de 7 mil estabelecimentos. Apenas em 2016, 2 milhões de atendimentos do gênero foram realizados no país, mostrando a importância da expansão do programa. As informações são do Portal Saúde.

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it