Agenda Hypeness: veja nossa lista purpurinada dos melhores bloquinhos de SP

Carnaval é uma grande balada a céu aberto. Em ritmo de festa, os blocos fazem tanto sucesso em São Paulo que viram uma espécie de catarse coletiva, em que as emoções de todos ficam à flor da pele. A folia não para e são dezenas de bloquinhos colorindo a cidade, caso fique perdido a dica é baixar o aplicativo gratuito Bloco de Carnaval SP Oficial na Apple Store ou no GooglePlay.

No mais, preparamos uma lista purpurinada pra você, pros seus amigos e pros amigos dos seus amigos. Divirtam-se.

1. Bloco Afro Ilú Obá De Min

iluoba

No Bloco Afro Ilú Oba De Min a noite é embalada pelos ritmos do candomblé e do afoxé, com jongo, maracatu, boi, ciranda e outros sons da cultura popular afro-brasileira. São as mãos femininas que tocam os tambores, unindo tradição e inovação, resgatando as raízes africanas em meio a um cenário urbano. O bloco sai no dia 24 e 26 de fevereiro.

SERVIÇO
O que: Bloco Afro Ilú Obá De Min
Quando: 24 de fevereiro, às 19h
Onde: Praça da República – Centro
Quanto: gratuito

2. Bloco Me Ocupa Que Sou da Rua

meocupa

O Bloco Me Ocupa Que Sou da Rua é o primeiro bloco da madrugada do carnaval de SP. Quer sair de casa e voltar só com o sol nascendo? Junte-se com o bloco e venha respirar as ruas da cidade ao som de ritmos brasileiros e latino-americanos.

SERVIÇO
O que: Bloco Me Ocupa Que Sou da Rua
Quando: 25 de fevereiro, das 23h às 04h
Onde: concentração na Praça Ramos de Azevedo – República
Quanto: gratuito

3. Bloco Tarado Ni Você

taradonivc

Depois de ocupar o maior cartão postal da cidade, entre arranha céus e o asfalto, constatamos que a maior cidade da América do Sul não é cinza e que as cores sempre serão nossas. Por isso, o Tarado Ni Você convoca os Tarados da Paulicéia para o quarto desfile consecutivo do bloco. Com o tema TROPIFAGIA e o melhor da obra de Caetano Veloso, o Tarado Ni Você homenageia os 50 anos da Tropicália e o movimento Antropofágico de Oswald de Andrade que tanto nos diz: “Vem comer o país tropical!“.

SERVIÇO
O que: Bloco Tarado Ni Você
Quando: 25 de fevereiro, das 11h às 17h
Onde: concentração na esquina da Avenida Ipiranga com Avenida São João – Centro
Quanto: gratuito

4. Bloco Unidos do BPM

bpm

O Unidos do BPM é primeiro bloco de música eletrônica do carnaval de São Paulo e convida a todos os foliões para um encontro dançante nas ruas da cidade. Sons undergrounds tomam conta do sábado de carnaval, num line up pra não deixar ninguém parado.

SERVIÇO
O que: Bloco Unidos do BPM
Quando: 25 de fevereiro, das 15h às 22h
Onde: concentração na Rua Nestor Pestana – Consolação
Quanto: gratuito

5. Bloquinho de Gente Miúda

gentemiuda

Domingo é dia de levar os pequenos pra rua. Estreando no carnaval de rua de SP, o Bloquinho comandado pela cantora Kel Figueiredo traz em seu repertório muita música infantil e marchinhas para alegrar o carnaval dos miudinhos de todas as idades. O Bloco desfila na Avenida Professor Alfonso Bovero que estará fechada para a folia das crianças.

SERVIÇO
O que: Bloquinho de Gente Miúda
Quando: 26 de fevereiro, das 11h às 14h30
Onde: Avenida Professor Alfonso Bovero, altura do número 546 – Vila Pompeia
Quanto: gratuito

6. Bloco Do Desmanche

desmanche

Na rua, de graça, com catú e pouco pano. É assim que rola a segunda edição do Bloco Do Desmanche. Axé dos anos 1990, funk furacão 2000, samba das antigas, ritmos nordestinos, tropicalismo e brega. A ideia do bloco é resgatar o clima carnavalesco dos tempos gloriosos do Carnaval da Manchete, bem sem vergonha, mas com falso olhar inocente, tipo santo do pau oco. E a folia não acaba aqui, depois do bloco tem pós-festa no Espaço Desmanche a partir das 22h.

SERVIÇO
O que: Bloco Do Desmanche
Quando: 26 de fevereiro, das 14h às 21h.
Onde: concentração na Rua Augusta, 765 – Consolação
Quanto: gratuito

7. Love Fest

lovefest

A semana começa com Love Fest, o festi-bloco LGBT que vai tomar as ruas de São Paulo. Será a segunda-feira mais lacrante do ano, com atrações e surpresas distribuídas em 3 carros de som especialmente preparados para o dia. Os bloquinhos cheios de amor que comandam a festa são o MinhoQueens, Meu Santo é Pop, Domingo Ela Não Vai, Bregsnice e Viemos do Egyto.

SERVIÇO
O que: Love Fest
Quando: 27 de fevereiro, das 12h às 20h
Onde: concentração no Largo do Arouche – República
Quanto: gratuito

8. Bloco Pagu

pagu

Carnaval é o período em que as mulheres mais sofrem assédio e violência. Por esse motivo o Bloco Pagu surgiu para exaltar a igualdade entre gêneros e respeito a liberdade individual do ser humano. O repertório homenageia as grandes intérpretes da história da música brasileira de todos os tempos. E o mais legal: a bateria é composta apenas por mulheres. São mais de 50 integrantes poderosíssimas, vem que vai ser lindo!

SERVIÇO
O que: Bloco Pagu
Quando: 28 de fevereiro, das 15h às 21h
Onde: concentração no Largo Pátio do Colégio – Centro
Quanto: gratuito

9. Bloco Tô de Bowie

bowie

Na sagrada ressaca da terça-feira de carnaval, aproveite pra ficar de Bowie. O bloco que homenageia o cantor David Bowie vai sair do Largo do Arouche e traz a banda Diplomatas da Vila arrebentando no arranjo das músicas do cantor, sem perder aquele gingado brasileiro.

SERVIÇO
O que: Bloco Tô de Bowie
Quando: 28 de fevereiro, das 16h às 19h
Onde: concentração no Largo do Arouche – República
Quanto: gratuito

10. Casa do Bloco Casa Comigo

casacomigo

O bloco Casa Comigo pode ter desfilado semana passada, mas as portas de sua sede ainda estão abertas para os corações em busca de amor. Além de uma programação com DJs incríveis, a casa também servirá como um ponto de encontro pra você reunir os seus amigos, oferecendo bar com bebida de qualidade, além de banheiros, wi-fi livre, carregador de celular. Além da “Casa Comigo”, a casa do “Baixo Augusta” (Rua Caio Prado, 103) e da “Confraria do Pasmado” (Cunha Gago, 799) também estarão abertas em todos os dias de carnaval.

O evento é patrocinado pela Amstel e tem cerveja gelado o tempo todo a R$ 5.

SERVIÇO
O que: Casa do “Casa Comigo”
Quando: 24 a 28 de fevereiro, das 14h às 22h
Onde: Rua Gilberto Sabino, 43 – Pinheiros
Quanto: entrada gratuita

Todas as imagens: Divulgação

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it