Moradores transformam seu bairro em uma das maiores hortas comunitárias do mundo

Em 2009, em Queensland, Austrália, um casal plantou um limoeiro no bairro de Buderim. Foi o que bastava para iniciar o Urban Food Street, uma iniciativa de ambiente construído que aborda o isolamento suburbano social da Austrália, usando espécies de plantas comestíveis, cultivadas na periferia suburbana, como um catalisador para criar ruas de moradores ativos e engajados.

Caroline Kemp é uma arquiteta graduada e cientista social, com vasta experiência no setor público. Duncan McNaught é um horticulturalista com mais de 40 anos de experiência no cultivo de espécimes de árvores avançadas para pequenos, médios e grandes projetos de domínio público.

Sete anos se passaram e, o movimento que começou com apenas um limoeiro, lotou o bairro com árvores frutíferas, temperos e legumes – tudo orgânico e disponível para qualquer pessoa.

Atualmente 200 famílias espalhadas em 11 ruas cuidam de tudo no bairro que se tornou uma gigantesca horta.

Veja imagens:

01

IMG_1551

IMG_2239

P1010023

P1010060

P1010105

P1010148

P1010241

P1010250

Saiba mais no site da iniciativa.

Todas as fotos: Divulgação

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it