Esses filmes míticos mostram que tudo pode acontecer dentro de um bar

Se você é a favor da máxima de que não se faz amigos bebendo leite, então prepare-se para se inspirar com o enredo destes cinco filmes, que mostram que muita coisa pode acontecer dentro de um bar.

1. Casablanca

Porque sempre é bom começar pelos clássicos! No filme Casablanca, de 1942, o Café do Rick é onde tudo acontece. Mas, apesar do nome, o local é na verdade uma casa noturna, comandada pelo americano Rick Blaine (Humphrey Bogart). Ambientado em plena Segunda Guerra Mundial, o filme prova que um bar pode ser o cenário de grandes conflitos políticos e de muitas histórias de amor.

campari1

2. Pulp Fiction

Em uma das cenas mais emblemáticas do cinema, Vincent Vega (John Travolta) leva Mia Wallace, interpretada por Uma Thurman, para uma noite regada a drogas e muita música no bar Jack Rabbit Slim’s.

 campari2

3. Clube da Luta

O encontro com um conhecido em um bar muda a vida do personagem interpretado por Edward Norton quando juntos eles criam o Clube da Luta. Inicialmente, a ideia era apenas fazer lutas na parte de fora do bar, mas à medida que a fama aumenta os combates são levados para a parte interna do estabelecimento. A partir daí, muita coisa pode acontecer entre uma luta e outra.

campari3

4. Bastardos Inglórios

A cena do bar é uma verdadeira reviravolta no filme. É lá que um espião de guerra é desmascarado. E, como não poderia deixar de acontecer em um filme do Tarantino, tudo acaba em um grande tiroteio.

campari4

5. Lost in Translation

Grande parte do filme se passa no bar de um hotel em Tóquio. É lá que o ator americano desiludido Bob Harris, interpretado por Bill Murray, se encontra com Charlotte (Scarlett Johansson), uma recém-casada que acompanha o marido em uma viagem de negócios. Juntos, eles formam um par improvável, enquanto descobrem mais sobre suas vidas em uma terra estrangeira.

campari5

E, se tudo pode mesmo acontecer em um bar, já pensou em quantas histórias podem existir por trás de um drink? Com nomes sugestivos, como Bloody Mary ou Sex on The Bex, alguns coquetéis podem ter surgido de maneiras bastante inusitadas. É o que imagina o diretor Paolo Sorrentino, o mesmo de “A Grande Beleza”, em seu novo curta-metragem: “Killer in Red”, criado para promover o Calendário Campari 2017, com participação do ator Clive Owen.

Dá o play:

The Adobe Flash Player is required for video playback.
Get the latest Flash Player or Watch this video on YouTube.

campari6

Todas as imagens: Reprodução

selo artigo patrocinado

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it