Ela colocou uma vira-latinha e um boxer pra adoção; e o resultado prova que precisamos aprender muito sobre amor

A gente não se cansa de dizer que adotar é Hype. Tanto é que criamos até um espaço aqui no Hypeness para contar a história de cachorrinhos vira-latas em busca de um novo lar. Mesmo assim, muita gente ainda dá preferência a ter um cachorro de raça em casa, muitas vezes sem saber que existe um grande problema por trás dos criadores de animais. E o experimento dessa mulher de Campo Grande tem muito a nos ensinar sobre o assunto.

Na segunda-feira, 6, Camila Simioli foi ao Canil Municipal de Itajaí, onde mora, para ajudar a dar banho dos animais. Ela ficou responsável por uma cadelinha muito quietinha e dócil de cerca de seis ou sete meses. Apesar de ser bastante carinhosa, ela estava muito magra e tinha um problema nos olhos que precisava de tratamento. Camila se sensibilizou com a cadelinha e decidiu que iria ajudá-la a encontrar um lar.

ca4

Para cumprir com essa tarefa, ela tirou várias fotos do animal e postou em seu Facebook, se disponibilizando a levar a cadela até a casa de quem tivesse interesse em adotá-la, bem como ajudar com as pomadas necessárias ao tratamento do olho. Mas, mesmo depois de 33 compartilhamentos, ninguém se interessou em adotar o bichinho.

Ao ver a falta de interesse, Camila decidiu fazer um experimento: ela buscou a foto de um cachorro da raça boxer na internet e publicou como se o cachorro estivesse disponível para adoção. Na rede social, ela comentou que o animal seria filhote do cão de uma amiga que teria optado por não vendê-lo e sim doá-lo.

Mesmo tendo sido compartilhada por um número muito menor de pessoas, a publicação rendeu muitos contatos. Camila contou em uma terceira postagem que recebeu milhares de mensagens privadas de pessoas interessadas em adotar o boxer. “Mas quando todos os pretendentes vieram perguntar se eu já havia doado o filhote de boxer, respondi que sim e mandei: mas ainda tenho esse filhotinho aqui! (e mandei a foto do viralatinha) eles simplesmente deram desculpas, que isso e que aquilo, ou me ignoraram…“, escreveu ela.

Mais do que apenas apontar um problema, Camila mostra como isso é também uma lição de que devemos aprender a amar todos da mesma forma – e a máxima vale também para os animais. Afinal, os vira-latas geralmente são os que mais precisam de amor e encontram muita dificuldade para achar um lar.

Por sinal, a cadelinha ainda está disponível para adoção! Bora encontrar um lar para ela? Os interessados podem entrar em contato diretamente com a Camila, através do Facebook! ♥

ca1

ca3

Todas as fotos: Reprodução Facebook

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it