O primeiro dia na escola do menino nigeriano abandonado por ser considerado ‘bruxo’

publicidade

Há um ano, fotos do pequeno Hope rodaram o mundo, deixando todos em choque com sua história. Ele foi cruelmente abandonado por seus pais, que acreditavam que ele seria um bruxo.

Quando isso aconteceu, Hope tinha pouco mais de 1 ano de vida, e sobreviveu por 8 meses nas ruas. Mas, felizmente, sua história mudou em janeiro de 2016, quando foi encontrado pela dinamarquesa Anja Loven.

NigerianChildren1

Anja, junto com seu marido David, tem uma ONG na África, e havia saído para uma missão de resgate naquele dia. Quando avistou Hope, ela conta que ficou muito abalada com o que viu. Imediatamente ofereceu comida e água para a criança, para logo em seguida levá-lo ao hospital mais próximo.

Após se recuperar, Hope foi embora com Anja e passou a viver na ONG com ela e mais 35 crianças. Apenas 2 meses depois de ser encontrado, já estava irreconhecível. Tinha ganhado peso, voltou a sorrir e brincava com as outras crianças do local.

anja 2

12800217_10153995435038024_6765976187427094940_n-e1459536117113

12801293_10153995433993024_2150685131711436436_n-e1459536124920

Anja-Ringgren-Loven-restricted-3-large_transQDfO_Li8BnuRdRCVfSGXuZS0BSYPBr1ODDP9VHi-vio-e1459536139865

nigerian-witch-boy-starving-thirsty-recovery-anja-ringgren-loven-331

anja 4

E no último dia 30, exatamente um ano após o resgate de Hope, Anja postou uma foto nas redes sociais (abaixo) que voltou a comover à todos. Mas desta vez, por um motivo incrível. Hope iria para a escola pela primeira vez. Impossível não se emocionar com esta história, cheia de amor e esperança!

anja 1

Imagens © Reprodução Facebook

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it