Estudante brasileira cria ‘As Mina na História’, um dos melhores sites feministas que você respeita

Tá certo que a vida nunca foi muito fácil para as mulheres, principalmente para as que se atreveram a desafiar padrões em uma época em que a palavra final era dos homens. Mesmo assim, muitas mulheres tiveram um papel fundamental na história – embora grande parte delas não tenha o reconhecimento merecido. Agora, um site promete mostrar estas minas que foram responsáveis por transformar o mundo.

mina1

O “As Mina na História” foi criado pela estudante Bia Varanis, que pretende se tornar professora de história. Bia contou ao Buzzfeed que teve a ideia de criar o site durante a Olimpíada Nacional de História do Brasil da Unicamp, quando teria visto uma foto de Maria Bonita entre as questões. Aquilo ficou na sua cabeça e percebeu que nunca havia estudado sobre ela na escola – foi assim que a estudante decidiu ir atrás da história de outras mulheres que tiveram seus feitos minimizados.

mina2

A página do Facebook do projeto já tem mais de 370 mil curtidas e é usada para divulgar ainda mais os feitos da mulherada pela história. Lá tem desde a história de María de Los Ángeles Fernández Abad, que viveu a Dona Clotilde (ou “A Bruxa do 71”) no Chaves, mas chegou a lutar nas guerrilhas antifranquistas em sua juventude; quanto a de Patricia Era Bath, responsável pela criação de um tratamento a laser para catarata. No site, também é possível encontrar informações sobre a trajetória de Carol Shaw, a primeira desenvolvedora de jogos da história; a de Benedita da Silva, a primeira senadora negra do Brasil; ou mesmo a da própria Maria Bonita, a primeira mulher a fazer parte de um grupo do Cangaço.

mina3

mina4

Todas as fotos: Reprodução As Mina na História

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it