Este vídeo relembra como era a Av. 23 de Maio antes do cinza de Dória

Essa semana São Paulo acordou mais cinza. Uma cidade que antes era reconhecida por sua vibrante arte urbana, está vendo suas paredes tomadas por jatos de tinta monocromática. A mais recente intervenção nesse sentido aconteceu a mando do prefeito eleito João Doria: apagar os grafites da Av. 23 de Maio.

Em 2015, a avenida tinha sido considerada como lar da maior obra de grafite da América Latina, com um painel de mais de cinco quilômetros de extensão. Mas, antes que a obra completasse dois anos, ela foi apagada. Uma reportagem feita pelo Jornal da Gazeta na época da inauguração do painel relembra a beleza do espaço antes de que suas cores fossem substituídas por “tristeza e tinta fresca“.

The Adobe Flash Player is required for video playback.
Get the latest Flash Player or Watch this video on YouTube.

Todas as fotos: Reprodução Youtube

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it