Adversário pede que Chapecoense seja campeã da Copa Sul-Americana

Campeões da Sul-Americana. É assim que o Atlético Nacional, da Colômbia, quer que fiquem eternizados os atletas e a comissão técnica da Chapecoense vítimas da queda do avião em perto de Medellín. O que surgiu como ideia dos jogadores foi oficializado pelo clube em nota oficial.

No comunicado, publicado no Facebook e no site oficial do Nacional, o clube pede à Confederação Sul-Americana de Futebol que o clube de Santa Catarina seja declarado campeão do torneio.

15219457_1506664246017098_2565120958384949170_n

Mais cedo, o lateral Gilberto García havia dito, em entrevista, que o elenco do time desejava paz para os familiares das vítimas e que gostaria de ver a Chape considerada a campeã. A nota oficial coloca a decisão nas mãos da Conmebol, e diz que, da parte do Nacional, a Chape sempre será campeã da Sul-Americana de 2016.

The Adobe Flash Player is required for video playback.
Get the latest Flash Player or Watch this video on YouTube.

 Confira o comunicado:

“A dor toma completamente nossos corações e enche de luto o nosso pensamento. Têm sido horas lamentáveis, nas quais temos estado consternados com uma notícia que nunca gostaríamos de escutar. O acidente de nossos irmãos de futebol da Chapecoense nos marcará pela vida e desde já deixará uma marca inapagável no futebol latino-americano e mundial.

Tudo isso foi completamente inesperado, por isso a dor. Se tratavam todos eles, futebolistas, comissão técnica, jornalistas e tripulação, de pessoas com muitos sonhos, por isso o choro.

O lamento mundial se estende também por toda a família Verdolaga (NR: apelido do clube), que desde seus patrocinadores, sua diretoria, sua comissão técnica, seus jogadores, sua parte administrativa e sua torcida, têm manifestado a tristeza e o desespero por este absurdo.

A solidariedade veio rápido e, de nossa parte, acompanhamos com atenção o sofrimento de todos os irmãos que nos deixaram, eles com quem, com seus familiares, compartilhávamos o desejo de ser campeões continentais da Copa Sul-Americana.

Além de estar muito preocupados com a parte humana, pensamos no aspecto esportivo e queremos publicar este comunicado onde o Atlético Nacional pede à Conmebol que o título da Copa Sul-Americana seja entregue à Associação Chapecoense de Futebol como prêmio de honra à sua grande perda e em homenagem póstuma às vítimas do acidente fatal que deixa nosso esporte de luto.

De nossa parte, e para sempre, Chapecoense campeã da Copa Sul-Americana 2016”

Jogadores do Atlético Nacional em silêncio, homenageando a Chape. (Foto: Reprodução/Atlético Nacional) Jogadores do Atlético Nacional em silêncio, homenageando a Chape. (Foto: Reprodução/Atlético Nacional)

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it