5 festivais de música no Brasil fora do mainstream que você precisa conhecer já

Fuja do comum e esqueça Rock in Rio, Lollapalooza e o mais novo abrasileirado deles, o Tomorrowland. Não que nenhum deles seja bom – não é isso. O que vamos te apresentar agora são opções diferentes para você curtir um som mais independente, gastar menos grana e aproveitar de benefícios como ter um espaço maior para dançar. Chega junto!

Se te perguntarmos agora cinco festivais de música que rolam no Brasil, há grandes chances que você citar alguns desses grandes no circuito São Paulo/Rio. Agora, se você está a fim de curtir uma experiência nova, cola na grade e se liga em quanta coisa boa tem esse nosso Brasilzão!

1. João Rock

joao-rock

A cerca de 300 km da capital, o interior de São Paulo completa 15 anos de sucesso deste festival regado ao ritmo que você já deve saber qual em Ribeirão Preto. Entre as atrações que marcaram estão grandes nomes do rock, ska e hardcore brasileiro como Nação Zumbi, Natiruts e CPM 22. E engano seu achar que só rola brasilidades. Tem também uns gringos tipo Katchafire, um reggae neozelandês que vale muuuito a pena você dar um play aqui embaixo:

The Adobe Flash Player is required for video playback.
Get the latest Flash Player or Watch this video on YouTube.

E os caras do João já ganharam nome e uma infra arrasadora que tem no set list um half de skate, bungee jump e até tatuagem.

joao-rock-skate

The Adobe Flash Player is required for video playback.
Get the latest Flash Player or Watch this video on YouTube.

Mas se já é o maior sucesso, por que então esse festival está na lista?

– Ele rola no interior – cheio de sol, paisagens e te convida pra cair na estrada;

– Vende ingresso com preço de meia entrada de festival grande (em 2016 custou R$ 120 inteira e R$ 6O meia);

– E tem uma seleção de bandas nacionais de tirar o chapéu. Para quem é ou já frequentou showzinho nos interior de SP sabe que tem muita coisa boa rolando. Liniker, por exemplo, saiu de Araraquara, sabia?

Minha dica de rock independente que tocou esse ano – VigárioZ Crod Alien, de Limeira-SP:

The Adobe Flash Player is required for video playback.
Get the latest Flash Player or Watch this video on YouTube.

João Rock – meados de junho

2. No Ar Coquetel Molotov

De São Paulo para Pernambuco, mais precisamente onde o cinema e a cultura brasileira se enchem de graça: Recife. Se você estiver por lá – ou tiver assanhado para fazer algo bem da hora nesse final de semana, corre porque sábado, dia 22 de outubro, rola a 13ª edição. São mais de 20 show com o melhor da música autoral e independente das 13h do sábado até às 4h do domingo. Os ingressos já estão no terceiro lote e custam R$ 65 a inteira social (mediante doação de 1 kg de alimento não-perecível) e R$ 40 a meia-entrada.

molotov-flora-reis

Foto Flora Pimentel via Facebook

Mas também tem uns quase já clássicos por aqui: Céu, Jaloo, Karol Conká e BaianaSystem são exemplos disso. Mas se você quer mesmo abrir a mente e os ouvidos se jogue na psicodelia dos goianos da Boogarins, dos amazonenses da Luneta Mágica e do recifense Tagore. Tem como não amar tanto Brasil e coisa boa junta – em Recife?

No Ar Coquetel Molotov – meados de outubro – e às vezes, em Minas!

3. Psicodália 

Agora que já passamos pelo sudeste e nordeste, chegou a hora do sul do país. Em Santa Catarina, o carnaval da paz e do amor já completa seus 20 anos em 2017. O Psciodália une um espírito comunitário junto a uma interação de famílias inteiras, crianças, cachorros e hippies durante 6 dias de festa, sendo 5 de shows.

pssicodalia 10

psicodalia 8 criança

Fotos Lari Lará, divulgação Psicodália

Além de música de qualidade (inclua o adjetivo para sons tipo Nação Zumbi e Francisco El Hombre), lá você pode fazer oficina de circo, vinil, trilhas, yoga, teatro, cinema, graffiti, mandala… O Hypeness colou na edição deste ano e se você quiser saber mais clique aqui. E ah, os ingressos de 2017 já estão à venda. Programe-se!

 

The Adobe Flash Player is required for video playback.
Get the latest Flash Player or Watch this video on YouTube.

Psicodália – Carnaval

4. Transborda

Não é só de queijo, doce de leite e moda de viola que vive Minas Gerais. O festival Transborda agita BH com uma programação Indie e não deixe este detalhe passar em branco – de graça! Neste ano, os destaques foram os estrangeiros Indee Styla, da Espanha; Trad. Attack, da Estônia; e El Mato a Un Policia Motorizado, da Argentina.

 transborda

Foto Flávio Charchar via Facebook

A cena local também foi representada por nomes como Pequena Morte, Douglas Din e Jonathan Tadeu. E dale um pouco de Pernambuco com Mombojó + uma programação cheia de DJs e eletrônico de qualidade. São 4 dias de poucas chances de arrependimento!

Transborda – meados de Setembro

5. Ilhabela in Jazz

Voltamos a São Paulo, mais precisamente Ilhabela, litoral que já é quase perto do Rio de Janeiro. Pera, já falamos que esse rola em uma ILHA? Bem diferente de tudo que vimos até agora, esse festival conta com o melhor da música instrumental. O evento também é gratuito e acontece na Vila, centro histórico da cidade à beira mar – mar esse recheado de peixes, baleias, golfinhos e um pôr do sol de tirar o fôlego! Ou seja, a natureza aqui é um extra adicionado à programação.

ilhabela

Foto Stephanie Bevilaqua

Este ano o renomado guitarrista norte-americano Stanley Jordan fez uma celebração de sua aproximação musical com o Brasil. A programação também conta com grandes instrumentistas nacionais, como com um dos principais nomes do jazz brasileiro, o trombonista Raul de Souza.

ilhabella-jazz

Fotos por Jean Viduolis via Facebook

Ilhabela in Jazz – meados de Outubro

Fotos interna e destaque: divulgação João Rock

*A rotina que sabemos que nos mata, mas da qual não conseguimos fugir; o jantar com os amigos que ficou pra trás, porque não deu tempo; ou a família que ficamos sem ver durante meses, porque a correria cotidiana não deixou. Você pode não saber, mas estamos todos dormindo de olhos abertos!

Este canal é uma parceria entre o Hypeness e a Cervejaria Colorado e foi criado para os curiosos, genuínos e inquietos. Por uma vida que valha a pena ser vivida, Desiberne!

Comentários

Via Hypeness

0 I like it
0 I don't like it